Dieta do instagram

Captura de Tela 2014-12-17 às 00.55.05

E então esse dia chegou. Você estava lá de boa na lagoa quando, de repente, visualiza a foto que o ex acaba de postar. O registro fotográfico mostrava um momento lindo em que ele, aparentemente, confraternizava com amigos em alguma praia. Uma foto linda, diga- se de passagem, a luz estava perfeita, o filtro valorizou a foto, ele saiu bem… A única coisa errada nessa foto era a piriguete abraçada nele, que claramente saiu ali por engano né, ela provavelmente tropeçou e, acidentalmente, trombou com ele bem no momento em que a foto foi tirada. Óbvio.

Uma luzinha vermelha bem lá no fundo do seu inconsciente começou a piscar e a luzinha dizia: “Ele tá pegando essa seriema”. Mas você respirou fundo e, antes de entrar em desespero e sair pra comprar as velas da macumba, foi dar uma pesquisada pra ter certeza que a garota era digna da sua ira, afinal de contas, não queremos cometer injustiças aqui.

Assim começa uma obsessão.

A partir desse momento, seu imaginário vai criar vários cenários tenebrosos, onde o bofe que costumava ser seu, agora manda mensagens de bom dia para outra menina, come fondue com outra menina, vai no cinema com outra menina e o que é pior, deixa ela escolher a música no carro. Porque até então você até aceitava a possibilidade de ele estar pegando outra, mas essa outra não tinha um nome, nem um rosto então havia nada que você pudesse fazer. Mas agora o universo te apresentou essa foto e um ninho de pulgas viverá atrás da sua orelha até que você descubra, com certeza absoluta, qual é o grau de importância que a quenga tem na vida dele.

Porque mulher tem isso, a gente precisa saber, isso é tudo que importa.

E aí começa a contagem:

Número de vezes que você visualizou o face do bofe na última hora: 25

Número de vezes que você visualizou o insta do bofe na última hora: 9

Número de vezes que você visualizou o face da mina na última hora: 21

Número de vezes que você visualizou o insta da mina na última hora: 5

Tempo gasto procurando evidências de que este Animal com Tetas anda pegando o seu Ex Homem, na última hora: 60 minutos

Como você pode perceber a pessoa acima, que poderia muito bem ser eu ou você, acaba de perder uma hora da vida dela sendo paranóica. Parabéns. Mas nem tudo está perdido, porque pra tudo há uma solução, então antes de se render a paranóia, faça um favor a si mesmo: Não siga seu ex.

Mas se você é daquelas que não vai me ouvir, ou se você só não quer que ele saiba o quanto ele te afeta, então aqui vai uma dica: Entupa o seu insta com fotos legais, de contas que vivem postando coisas novas e que, além de diminuir drasticamente as chances de você ver qualquer bobagem que o mongol possa postar (isso realmente funciona, já testei), ainda vão te inspirar a fazer fotos mais legais e ganhar vários likes.

Então aqui vão 5 contas de pessoas que realmente sabem o que estão fazendo com o insta e vão ajudar a te

distrair:

Porque o que realmente importa na vida é ter likes.

Fui trocada por uma feia e…Continuo linda.

Captura de tela 2013-03-28 às 00.19.05

Era uma vez uma menina, que foi loucamente apaixonada por certo rapaz. E apesar de aparentemente o tal garoto também ser loucamente apaixonada por ela, ele não era. Então, em uma tarde cinza, ele cansou de brincar de apaixonado, arrumou outra chica para impressionar e entrou com um belo pé na bunda da pobre diva apaixonada.

A menina, no caso, era eu e o rapaz…. Bom, o rapaz era o rapaz.

É claro que eu fui possuída pelo ritmo ragatanga quando descobri que o lindo, além de ter me substituído EM MENOS DE UMA SEMANA #nãoexisteamoremsp, ainda havia me trocado por uma feia.

Ai você vai me dizer, let’s talk about recalque néam?! Mas eu te digo cara amiga, recalque seria se o querido estivesse pegando Lala Rudge e eu estivesse chamando a menina de gorda. Agora quando os seus amigOs dizem “ele errou muito, ela parece um cara” quando veem fotos da fofa, ai não é recalque, é a mais pura realidade. Sério gente, a menina não era nem o rascunho do inferno, ela era o passado a limpo. O que não deixa de ser pior, believe me, porque se ele o cara te troca por uma Angel da Victoria’s Secret você pensa, OK é compreensível, agora quando ele te troca pela Porteira do Inferno você começa a se reavaliar quando olha no espelho sabe?! É triste.

Mãas, esse sentimento não durou muito, já que algum tempo depois eu já estava pegando quem eu quisesse de novo. Então imaginei que se alguém estava distorcendo a realidade, esse alguém era ele.

Enfim, o tempo passou e eu cresci. E sabe o que acontece quando você cresce? Você desapega desses ressentimentos do passado, porque percebe que isso não vale a pena. E então ficamos amigos. Eu e o tal rapaz.

Para aqueles que acreditam nessa lenda de beleza interior, sim, eu imagino que a menina deve ser mais legal que a minha melhor amiga, ou mais engraçada que toda a galera da Porta dos Fundos, que deve ter um coração lindo e a beleza está nos olhos de quem vê e todo aquele papo furado. Mas o fato é que, para mim a mina é feia e isso feriu meu orgulho de uma maneira indescritível.

E agora me pergunta cara amiga leitora, o que eu fiz para melhorar as coisas?

Eu esperei. O tempo curou muitas feridas por si só, mas, mais do que isso, o tempo me fez perceber que o capital estético (ou a falta de) da menina, não faz a menor diferença. Porque mesmo ele tendo me trocado por uma feia…

Eu continuo linda.

É o que tem pra hoje

936636_10151454480772825_1450888711_n

Dizem que Deus ajuda quem cedo madruga. E ai eu respondo, defina cedo, porque eu ando acordando a 6 todo dia e continua tudo a mesma merda.

Continuo não tendo namorado, nem dinheiro, nem noção e nem uma ilha no Caribe. Mas nem por isso eu parei de tentar. E sabe por que eu não desisti Brasil??

Porque a vida é assim mesmo, talvez um dia eu ache o amor da minha vida, talvez semana que vem eu invente um app para Iphone que vai me deixar milionária, talvez mês que vem eu aprenda a pensar antes de abrir a boca, e talvez nada disso aconteça e eu continue exatamente como estou agora, só que mais velha (e louca). E ai? Eu faço o que? Bebo Veja Limpa- Banheiros e me mato? Não né galera, eu me adapto! Porque é isso que as pessoas grandes fazem, elas aprendem a viver com o que tem.

Bem- vinda ao mundo real, meu doce.

Para de ter pena de si mesma só porque ninguém te quer, não é porque o encosto do seu ex arrumou MAIS UMA namorada e você continua forever alone, que você tem que sair pegando o primeiro traste que aparece, só pra tapar o buraco do desespero que já está com 30 cm de dilatação.

Veja a minha situação, por exemplo, tive um breve momento de desespero semana passada, agora me diz, o que você faz quando o desespero bate? Merda! Você faz merda, e eu como não fujo a regra, fiz também. Fui dar corda pra um bophe, que por acaso, tem namorada, mas não tem semancol e agora estou enrolada até o pescoço com essa encrenca. Estou com a mesma sensação de quando você vai na D- Edge de segunda, você sabe que vai se foder pra acordar no dia seguinte, mas ainda assim vai, por motivos que o seu bom senso desconhece.

Logo não siga o meu exemplo, e se mantenha forte, respira fundo, assiste um filme, vai pra balada e beba até entrar em coma alcoólico, mas não vai atrás de quem não deve. E por favor, não entra na bad. Não tem nada mais deprimente do que amiga na bad do desespero, até porque não tem como ajudar, é igual fumante, só depende dele parar.

Agora no meu caso, a cagada já está feita, vamos ver no que vai dar. E já adianto que essa história só tem dois finais, ou ele samba na minha cara, ou eu sambo na dele.

Só digo uma coisa, já estou tirando o salto do armário, porque eu não sou mulher de perder.

Meu ex, meu castigo.

tumblr_kwdzsjK8T01qzcciuo1_500

Sabe todo mundo tem algum assunto mal resolvido das vidas passadas que volta pra te assombrar até você aceitar e resolver o problema. E eu tenho uma suspeita fortíssima de que esse meu assunto é meu ex.

A história foi a seguinte, ficamos juntos por algum tempo, tudo terminou, dois dias depois ele estava com outra. Chorei, passou o trauma, geral feliz, geral contente, geral se cumprimentando no final do ENADE (porque diva que é diva tem que ser civilizada néam?!), bom e ai está você pensando, como eu pensei na época, tudo certo, podemos seguir em frente né?! Não.

Aparentemente meu ex passou a acreditar, por algum motivo que só Deus explica, que a partir daquele momento nós seriamos amigos. E quando eu digo amigos não é do tipo que você cumprimenta quando cruza na rua e manda felicidades no aniversário, nãaaoo meus queridos, amigo do tipo que você manda mensagens aleatórias no Whatsapp, amigo do tipo que você reclama quando some, amigo do tipo que te manda mensagem de madrugada perguntando se você está na mesma festa que ele, sim, esse tipo de amigo. Agora eu te pergunto: MAS EM QUE MUNDO VIVE ESSE INDIVÍDUO???

Sabe aquelas criaturas super evoluídas que conseguem terminar um relacionamento e manter uma relação madura de carinho e amizade com seus respectivos ex- companheiros?

A: Essa não sou eu

B: Eu nem ando com gente assim

Eu não sei vocês, mas eu não tinha o mais remoto interesse em ser amiga do animal, aliás eu não tinha interesse em ser nada mais que uma memória agradável em um dia chuvoso, a única coisa que de fato eu queria era seguir a minha vida, um beijo carinhoso!

E sendo eu a mocinha independente (leia-se desgraçadamente cabeça dura) que vovó sempre me incentivou a ser é obvio que foi isso que eu fiz, segui com a minha vida. E se para isso eu precisei bloquear o dito cujo de todas as minhas redes sociais e aplicativos de mensagens, so sorry my dear, eu fiz o que precisava fazer.

É obvio que quando isso foi descoberto pelo mesmo ele veio pra cima de mim, possuído pelo ritmo ragatanga, perguntar “se eu tinha algum problema com ele?” Sim, todos. “Porque ele não via o porquê de eu ter bloqueado ele!” Não viu? Nossa, melhor passar no oftalmo, pode ser miopia. Mas é claro que eu não deixei transparecer nem um pouquinho da minha indignação com todo esse absurdo, ele era do tipo que gostava de discutir e eu sou do tipo que odeio, não era pra ser amiga? Então amiga eu serei, a amiga falsa. E todas as vezes que ele vinha me confrontar eu dizia “Magina! Porque eu teria bloqueado você? É que eu estou entrando pouco no Face mesmo.”

Toda trabalhada na falsidade.

Enfim, um belo dia os planetas se alinharam e ele resolveu parar de tentar falar comigo (amém), mas ele ainda entra em contato uma vez por mês pra dizer que “amanhã vem buscar o casaco”, isso já fazem uns 6 meses. O porteiro já comprou até um bolinho pra cantar parabéns pro casaco que daqui a pouco já esta fazendo aniversário lá na portaria.

Me mandem os faces de vocês, quero chamar geral pra festa.