Vamos falar sobre Judith.

b94af7247ecc4f28fa26703aef2a6735

Judith é o nome da minha lombriga.

Ela vive bem. Tá sempre alimentada, mas para Judith comida pouca nunca é suficiente. Então agora eu tô aqui, sentada na minha mesa com um saco de meio kilo de Gomets na minha frente, pensando se eu vou, ou não, até a padaria comprar um pão de queijo.

Percebem o meu problema?

Eu não passo o dia pensando em homens, eu não passo o dia pensando em jobs, eu não passo o dia pensando em como fundar uma ONG. Não, senhores. Eu passo o dia pensando em lanches.

E não é qualquer lanche que serve, Judith gosta de coisa boa. Outro dia comprei um pacote de bolacha integral de leite e vim trabalhar feliz e enganada pensando “ah, agora eu não passo mais fome nessa agência”. Doce ilusão.

Logo na primeira bolacha já percebi que Judith nunca ia sossegar com aquele jornal amassado. E eu estava mais do que correta. Antes do expediente acabar eu já tinha comido um terço do saco de Gomets, uma dúzia de uvas, um chiclete de melância e um balde de pipoca sem sal (porque acabou), mas com azeite (porque a intenção nunca foi ser fitness).

Judith não liga se eu quero ser magra, ela quer pastel com churros. E vai me infernizar até conseguir.

PS: Eu comprei o pão de queijo.

 

 

 

 

 

Anúncios

2 comentários sobre “Vamos falar sobre Judith.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s