Fui trocada por uma feia e…Continuo linda.

Captura de tela 2013-03-28 às 00.19.05

Era uma vez uma menina, que foi loucamente apaixonada por certo rapaz. E apesar de aparentemente o tal garoto também ser loucamente apaixonada por ela, ele não era. Então, em uma tarde cinza, ele cansou de brincar de apaixonado, arrumou outra chica para impressionar e entrou com um belo pé na bunda da pobre diva apaixonada.

A menina, no caso, era eu e o rapaz…. Bom, o rapaz era o rapaz.

É claro que eu fui possuída pelo ritmo ragatanga quando descobri que o lindo, além de ter me substituído EM MENOS DE UMA SEMANA #nãoexisteamoremsp, ainda havia me trocado por uma feia.

Ai você vai me dizer, let’s talk about recalque néam?! Mas eu te digo cara amiga, recalque seria se o querido estivesse pegando Lala Rudge e eu estivesse chamando a menina de gorda. Agora quando os seus amigOs dizem “ele errou muito, ela parece um cara” quando veem fotos da fofa, ai não é recalque, é a mais pura realidade. Sério gente, a menina não era nem o rascunho do inferno, ela era o passado a limpo. O que não deixa de ser pior, believe me, porque se ele o cara te troca por uma Angel da Victoria’s Secret você pensa, OK é compreensível, agora quando ele te troca pela Porteira do Inferno você começa a se reavaliar quando olha no espelho sabe?! É triste.

Mãas, esse sentimento não durou muito, já que algum tempo depois eu já estava pegando quem eu quisesse de novo. Então imaginei que se alguém estava distorcendo a realidade, esse alguém era ele.

Enfim, o tempo passou e eu cresci. E sabe o que acontece quando você cresce? Você desapega desses ressentimentos do passado, porque percebe que isso não vale a pena. E então ficamos amigos. Eu e o tal rapaz.

Para aqueles que acreditam nessa lenda de beleza interior, sim, eu imagino que a menina deve ser mais legal que a minha melhor amiga, ou mais engraçada que toda a galera da Porta dos Fundos, que deve ter um coração lindo e a beleza está nos olhos de quem vê e todo aquele papo furado. Mas o fato é que, para mim a mina é feia e isso feriu meu orgulho de uma maneira indescritível.

E agora me pergunta cara amiga leitora, o que eu fiz para melhorar as coisas?

Eu esperei. O tempo curou muitas feridas por si só, mas, mais do que isso, o tempo me fez perceber que o capital estético (ou a falta de) da menina, não faz a menor diferença. Porque mesmo ele tendo me trocado por uma feia…

Eu continuo linda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s