Quem tem medo de “Eu te amo”?

Screenshot007

Eu!!! Eu tenho!! Me escolhe aqui!

Foda isso.

Mas, é a verdade. Não tem nenhuma expressão que me assusta mais. Sabe aqueles filhotinhos que saem correndo pra pegar a bolinha, mas não conseguem brecar e batem na parede? Eu sou o filhote e o “Eu te amo” é a parede.

É sempre de surpresa, eu sempre acho que vai demorar pra acontecer, mas aí acontece e eu fico lá, mais desconfortável que um cachorro andando nas patas traseiras, porque não tem o que fazer. Quando a pessoa já falou não tem como ignorar, mudar de assunto, falar que “vai pensar mas depois te liga”, você só tem duas opções: Falar de volta, ou fazer qualquer outra coisa e magoar profundamente o outro.

Eu sempre vou pelo “eu também”, acho democrático, você não está dizendo exatamente o “EU TE AMO”, você disse “eu também” e isso pode servir pra várias coisas, é tipo quando alguém diz “gosto de pastel” e você responde o que?? EU TAMBÉM! (porque é óbvio que todo mundo gosta de pastel, aliás, desconfie de pessoas que não comem fritura, elas não podem ser do bem).

Fato é que ninguém quer magoar o coleguinha, mas ás vezes, simplesmente não dá pra mentir, porque aquilo parece estar TÃO longe da sua realidade, tão longe do seu “Gosto muito de você, mas acho que é isso”, que a expressão simplesmente não sai. Você queria muito, mas não sai. E ai eu fico me perguntando quanto é que a gente precisa gostar pra poder falar sem medo, cadê a métrica? A tabela que diz que se eu gostar de você 7,4 já posso dizer que amo sem culpa mesmo você gostando de mim 9,2. Como é que a gente mede o quanto gosta?

Sempre tive essa dificuldade. No começo as pessoas falavam “quando você sentir você vai saber…”, mas isso é mentira, às vezes você não vai saber e vai descobrir só depois ou você vai saber (que não é), mas vai dizer mesmo assim, porque queria muito que fosse.

É por essas e outras complicações que quando eu escuto “Eu te amo” a minha vontade é de sair correndo e só parar quando chegar no Acre. Só pra não ter que lidar com o conflito mental: Respondo ou finjo um desmaio?

Eu queria muito concluir esse texto com alguma coisa que ajudasse vocês a lidar com essa situ, mas visto que eu mesma não to sabendo o que fazer, deixo vocês com esse print esclarecedor.

faceprint

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “Quem tem medo de “Eu te amo”?

  1. também não sei lidar com ‘eu te amo’s, não consigo dizer de volta porque minha cara se transforma numa careta horrorosa e isso me assusta tanto que não consigo mais ficar perto da pessoa. mas eu sei que quando eu disser que amo alguém vai ser o ‘eu ficaria com você pra sempre, mesmo com todos esses defeitos que você tem e que me deixam maluca’ que tem que ser.

  2. Achei que somente eu tinha isso.. Soa meio egocêntrico, mas é porque sempre vejo garotas que procuram alguém que diga que as “ama” da mesma forma que elas se declaram, mas eu me agonio só de pensar que alguém pode ficar chateado comigo por eu não ter certeza ou ficar apavorada com a declaração…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s