Aceita que dói menos

nc3a3o-existe-amor-em-sp-1

Tem 4 bofes na minha vida nesse momento. Quando eu digo “na minha vida” quero dizer estão ai presentes, porque pegar mesmo eu não estou pegando nenhum deles.

E que abram as portas da esperança…

O bofe número um é o Fraldo. Ele, como vocês podem imaginar, é mais novo, 3 anos mais novo pra ser mais exata e, sim, antes que você me denuncie, ele é maior de idade. Eu conheci esse nego a dois anos atrás, numa balada qualquer, detalhe, enquanto estava pegando o amigo dele, que é lindo (moreno, alto, bonito E sensual), mas não é muito esperto, e ele mesmo foi quem me apresentou o Fraldo. Estávamos na área de fumantes, devido ao calor digno dos mármores do inferno de dentro da balada, e o fofinho resolveu me apresentar para os amigos dele, ele aparentemente achava que tinha o amigo perfeito para apresentar para a minha amiga e eu fingi estar interessada no papo, porque é isso que as mulheres fazem. Aconteceu que, uma vez que ele me apresentou o tal amigo, que no caso era ninguém menos que Fraldo, nós engatamos numa conversa que durou aproximadamente umas 3 horas. Inicialmente nenhum dos dois tinha qualquer intenção de se pegar, mas depois de conversar todo esse tempo com ele, sem ficar sem assunto, tive que admitir que o menino era realmente esperto. E gente boa. E tinha senso de humor. E não dava pra negar que ele era bonito também (Multiplica Senhor). Aí eu fingi não perceber que ele também era infantil e nós tivemos um rolo relâmpago. Mas ai você me pergunta: Se foi relâmpago porque ele está sendo citado aqui? Bom, acontece que nós viramos amigos, acho que no fim das contas era nisso que a gente era bom mesmo. E apesar de eu estar muito, mas muito mesmo, satisfeita com essa situação, como toda mulher, eu também sou louca, então sempre rola um pensamento de “mas e se a conversa de 3 horas foi uma mensagem que o destino mandou pra dizer que we belong together e nós estamos ignorando?” e daí eu lembro que existem duas pessoas nessa relação e que uma delas (ele, caso vocês estejam na dúvida) não parece estar muito preocupada com o fato, então eu me obrigo a deixar pra lá também. Diariamente.

Agora o bofe número dois, o Pinóquio. Como o nome já deixa a entender, ele mente. Bastante. Eu descobri isso depois que nós já tínhamos terminado (infelizmente), mas, antes tarde do que nunca néam?! O que acontece é que, na época que estávamos juntos, esta pessoa me trocou por uma linda que eu apelidei ca-ri-nho-sa-men-te de Sapo Boi. Só que além da papada, esse ser mítico agora também tem chifre, já que o Pinóquio fez o favor de trair a menina com toda uma população brasileira e vira e mexe ele vem com uns papo estranho pro meu lado. Isso porque, é claro, depois de passada a minha ira, nós também viramos amigos (eu tenho essa mania insana de virar amiga de peguete, é um terror). E nós nos damos bem, ele sabe lidar comigo e daí eu penso que ele seria uma possibilidade, caso ele não fosse um tão completo cachorro.

Ai temos o bofe número 3, o Marido da D- Edge. Grudou em mim no dia que me conheceu, pediu telefone, Facebook, endereço, CPF, nome da mãe e marcamos o dia do casamento. Passou O MÊS falando comigo por Whats, mensagem pra lá, beijinho pra cá e ai você me pergunta: Mas então o que ele fez pra estar aqui? Nada. Ele não fez nada, não chamou pra sair, nem pra jantar, nem pra tomar sorvete. O máximo que este abobado fez, foi tentar me convencer a “aparecer” na festa que ele ia. Perceba, ele não disse, “vem comigo?” ele disse “vai lá”, ou seja, ele não queria sair COMIGO, ele queria que eu estivesse lá, porque assim ele tinha a garantia que pelo menos uma ele ia pegar. E eu ainda dei uma canja pra ele consertar a cagada dizendo que “eu até iria, mas, as minhas amigas não animaram e eu não vou pra lá sozinha”, ou seja, não, meu querido, eu não vou ficar indo atrás de você em festa, como diria Katy “Diva” Perry “you’ve got to wine and dine me”, até porque o Fraldo estaria na festa, logo, se alguém ia ser plano B de alguém, essa pessoa era o Marido.

E finalmente bofe número 4, o Lentinho. Qualquer cara que consegue ser apelidado por uma mulher de Lentinho já merece um prêmio, mas esse cidadão realmente merece uma condecoração por ser o maior bundão da galáxia. Ou por ser o maior indeciso, tem essa também. O menino conversa comigo por algo em torno de 6 meses, ele já me chamou pra sair inúmeras vezes (e cancelou todas), já esteve na mesma festa que eu (e sumiu) e daí você pensa “não quer nada comigo”, mas não, porque, por algum motivo que só o demônio pode explicar, ELE CONTINUA VINDO PUXAR ASSUNTO! Sério, eu já desisti de entender esse brother.

Não que eu esteja me descabelando por nenhum deles, pelo contrário, mas cansa né?!

Protesto por um mundo com menos “tô com saudades” e mais “desce que eu to passando”! #vemprarua #nãoépelos20centavos

Anúncios

5 comentários sobre “Aceita que dói menos

  1. Não costumo fazer comentários, mas PUTA QUE PARIU, você acabou de descrever minha vida, convivo com os quatro tipos e te entendo, É FODAA!! Sdds objetividade

  2. Também tenho o lentinho na minha vida kkkkkkk conversamos por skype por 7 meses com direito a dormir se vendo na web cam e tudo. Marcamos encontro uma vez em um barzinho, e ele tímido que só não chegou em mim! Marcamos outros encontros mas ele também cancelou todos kkkkkk E fim, continua falando comigo por skype, SMS, whats, Facebook nem pensar, o fofo não tem rede social nenhuma. Impossível entender né?

  3. Passando mal de todosss os relatos… GNT, mulher sofresse nessa de tentar entender os homens, meooo deusooo! Garota, parabéns…VC é ótima..e torna por suas experiências, esses traumas mais leves!!!!! Kkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s