Lulu: Uma polêmica em forma de app

unnamed

Nessa última semana fomos atingidos na cabeça, por uma bala chamada Lulu. O app tem um só objetivo: atribuir notas e hashtags aos homens da sua vida (parentes, peguetes, alvos, ex-namorados, ou qualquer outro ser do sexo masculino que você conheça) e, apesar de estar no Brasil a bem pouco tempo, já vem causando uma polêmica digna de post no blog.

Tem o lado dos que acham que é a maior babaquice da história, porque é o maior desrespeito e trata os homens como objetos, isso sem falar que vai contra todo aquele discurso das mulheres, que não querem ser julgadas e blá, blá, blá…

O que, cá entre nós, é verdade.

E tem o lado dos que não estão nem ai pra isso e estão levando tudo na maior brincadeira.

Eu pessoalmente estou em cima do muro, eu estava super concordando com o primeiro grupo, mas no sábado de manhã recebi um Whats de uma amiga minha (que, acredite, é a pessoa menos fútil do planeta) dizendo pra eu baixar o app porque eu ia me divertir. E eu baixei.

Se eu acho que tem muito cara puto da vida por ai? Sim. Se eu ia odiar se tivesse um desses para homens? Absurdamente. Mas não porque eles estariam me julgando ou qualquer coisa do gênero, até porque isso eles já fazem sem precisar de app nenhum, mas sim porque eu conheço muito bem os meus defeitos e como já diria o ditado, quem tem… tem medo.

Mas depois de testar eu percebi que não passa de uma brincadeira. Claro, se o nego tem 13 avaliações e todas dizem que a nota dele pra educação é algo próximo de 2,0, podemos começar a suspeitar que o moço não é exatamente um lorde inglês. Mas no meu ponto de vista as notas devem ser interpretadas com uma boa dose de bom senso, por exemplo, se a avaliação é muito esculachada você já sabe que é recalque, se é a única muito boa você tem uma certeza: Pelo menos com uma ele foi legal. Amém. E outra, como as avaliações são anônimas pode muito bem ser tudo mentira, a menina pode nem conhecer o cara, pode dizer que é ex-namorada e ser, na verdade, uma conhecida querendo usar #curteromerobritto em alguém sem se queimar, sei lá, tem louco pra tudo no mundo. Então não é pra levar a sério.

Eu tenho amigos que estão odiando e também tenho alguns que estão se dando super bem, porque sabe, tem pessoas (e eu me incluo nessa) que avaliam os caras com bondade no coração, falam a verdade, recomendam os amigos e os peguetes porque sabem o quanto eles são legais, apesar de uns defeitinhos aqui e ali. Então se você é um cara bacana não precisa se preocupar, porque, com certeza, as meninas que te conhecem vão te defender e falar super bem de você, principalmente se elas virem que uma recalcada te esculachou. Agora se você é um traste… só lamento.

Ainda assim temos que admitir que a bagaça não é das mais legais para os homens, e eles tem todo direito de ficar putinhos. 

Enfim, enquanto eu fico em cima do muro, vou continuar usando o app me empenhando em fazer o mundo saber que os meus amigos são verdadeiros príncipes e vou tomar bastante cuidado pra ser bem legal com meus próximos peguetes, porque a gente nunca sabe o dia de amanhã, vai que sai o Lulu pra homens…

Deixo vocês com o mesmo conselho que a minha amiga me passou quando indicou o app: Seja gentil no Lulu…

….porque, pode ter certeza, logo, logo, algum nerd vai descobrir um jeito de mostrar as autoras das avaliações e ai minha filha, as recalcadas vão rodar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s