Os altos e baixos do Lollapaloza

Captura de tela 2013-04-11 às 01.29.11

Eu fui.

Sabe, ano passado eu cometi o erro de não ir e me arrependi amargamente, então esse ano eu prometi a mim mesma que nem que eu tivesse que gastar todas as minhas economias, eu ia nessa merda. Fui e agora estou aqui pra contar os altos e baixos do que eu vi e ouvi no festival de burguesinhos mais badalado de Sampa City.

Primeiro dia:

Cheguei eu toda lindona, no melhor estilo “sou rockeira, não fale comigo” de botinha de couro e camiseta de mustache (um beijo pra você que sabe do que eu estou falando). Primeiro erro né, porque não dei nem cinco passos e atolei naquela grama que estava quase um mangue. Mas ok, tirando o fato de que a minha bota foi destruída, sem problemas, estamos ai pra curtir a música.

Fomos nós para o show do Deadmau5, um cara chega na minha amiga com a seguinte frase:

– Quer que eu segure a sua latinha?

Vamos lá, você, ser humano do sexo masculino com pelo menos meio cérebro, você consegue fazer melhor que isso vai?! Eu fico pensando o que se passa na cabeça de um cara como esse, o que ele realmente acha que vai acontecer, será que ele pensa que vai pegar a menina com essa?

Daí fomos para o show do The Killers, estamos lá super curtindo quando escuto um cara atrás de mim chegando em umas meninas:

– E ai?! Gostando do show?

Eu não ligo do cara chegar em mim em um festival de música, aliás eu não ligo de um cara chegar em mim em lugar nenhum, afinal, não está fácil pra ninguém e não estamos nessa vida a passeio. Mas poxa vida, você paga uma nota pra ver a banda, se propõe a ficar mais de uma hora sendo empurrada e amassada só pra conseguir um lugar razoável na multidão (aquele onde você consegue visualizar o topo da cabeça do vocalista sem ter que pular) e o cidadão acha que você tem que dar a maior atenção do mundo pra ele, o Zé da Linguiça que veio perguntar sobre a lua no meio do show, vamos combinar que não  rola.

E o mais engraçado, quando você está lá se ocupando em ser linda, sem fazer absolutamente NADA entre um show e outro (momento em que você espera que algum macho alpha venha dar o bote), ninguém vem falar com você. Mas tudo bem, se a vida fosse fácil nasceríamos todos já grudados no par perfeito.

Outra coisa que me incomodou profundamente, essa moda de legging “Beetlejuice” (listrada de preto e branco) que estava rolando solta por lá. Gente, se você tem duas toras de jatobá no lugar das pernas não vai inventar de colocar calça listrada PELO AMOR DO SEU ESPELHO! Aliás a não ser que você seja um pau de virar linguiça, não use legging com nenhum tipo de estampa, sério, é triste.

Segundo dia:

Fomos pra ver um show no começo da tarde, eu que já estava esperta fui de galocha. É feio? É! Mas sapato custa dinheiro gente, não da pra ficar estragando dois por festival, sinto muito.

Mas foi nesse dia que eu percebi a melhor parte do festival, os caras bonitos. É sério isso gente, eu fico me perguntando onde é que essas beldades se escondem no resto do ano, um dos caras era tão gato que eu quase parei ele pra dar parabéns. Tenso. Mas é óbvio que eles estavam lá só pra enfeitar o show, porque também não vi nenhum deles chegando em nenhuma menina. Típico.

Tirando isso eu também tive o desprazer de cruzar com um certo alguém duas vezes. Deus tem um senso de humor insano quando se trata da minha vida, 55 mil pessoas, 4 palcos, uns 10 peguetes que eu estava rezando pra encontrar “por acaso” e eu cruzo justamente com a ÚNICA pessoa que eu estava dispensando. Duas vezes. Seriously?

Bom, no fim das contas fomos para o show do The Black Keys, a música estava ótima, o show estava ótimo, mas o vocalista, meus queridos O vocalista. Ele merecia um parágrafo só pra ele (e o olhar 43 dele), mas como eu sei que ninguém aguentaria isso vou resumir toda minha admiração em uma só frase, Dan Auerbach fez o show com a roupa que ele pinta a casa (calça manchada e camisa furada) e ainda assim eu casaria com ele. Tipo, agora.

Dan, me liga. Porque Caio Castro é coisa do passado. Beijos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s